quarta-feira, 12 de abril de 2017

VIVER EM UNIÃO É PRECISO

Viver em União é Preciso
E era toda a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala.
E aconteceu que, partindo eles do oriente, acharam um vale na terra de Sinar; e habitaram ali. E disseram uns aos outros: Eia, façamos tijolos e queimemo-los bem. E foi-lhes o tijolo por pedra, e o betume por cal. E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.
Então desceu o Senhor para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam; E o Senhor disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro. Assim o Senhor os espalhou dali sobre a face de toda a terra; e cessaram de edificar a cidade. Gênesis 11:1-8
Introdução:
O Texto de Gênesis 11.1-8 vai nos informar que aquela geração estava unida porque falavam a mesma língua. Portanto havia um entendimento. Tinham os mesmos objetivos. E se uniram para realiza-lo. Queriam edificar uma cidade e construir uma torre, algo vistoso que chamasse a atenção para eles. Só que esta união era uma afronta , ou um desafio ao Deus Todo Poderoso. A ordem dada a Adão era para  se multiplicar e encher toda a terra. Precisou Deus intervir e confundir as línguas para que eles se espalhassem cumprindo assim o designo de Deus . Deus também vai nos informar que a união deles era tão forte, que não haveria limites para eles, naquilo que intentasse fazer.  A Partir de então, Viver em união passou a ser uma tarefa muito difícil. Isto porque Cada pessoa passou a ter a sua forma de falar, a sua forma peculiar de ser e de pensar. Mas apesar dessas divergências é necessário que haja união:
·        Na família, entre os cônjuges, filhos e parentes em geral.
·        Na Igreja, entre Pastores e membros. Entre obreiros
·        Na sociedade
Viver em união para o bem é algo que beneficia a todos.

O que fazer segundo a Bíblia para  vivermos em união
1.      Ter o mesmo parecer a respeito de tudo.
Quanto ao mais, irmãos, regozijai-vos, sede perfeitos, sede consolados, sede de um mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco. 2 Coríntios 13.11
2.   Ter o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus.
Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa.
De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus. Filipenses 2.2,5
E, finalmente, sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, amando os irmãos, entranhavelmente misericordiosos e afáveis. 1 Pedro 3.8

3.   Estarmos em concordância
19 Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus. Mateus 18.19
3 Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? Amós 3.3

Benefícios que Deus reserva para quem vive em união
Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união. É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla das suas vestes. Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião, porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre. Salmos 133:1-3

A  história de Gideão vai nos ensinar que para vencermos Batalhas precisamos estar em união.
1.      A buzina da convocação (união) precisa ser tocada.
2.    O povo convocado se ajuntou a Gideão
a.     Ajuntar não é o mesmo que estar unido
b.    Havia no meio dos 32 mil convocados:
                                                             i.      22 mil covardes e medrosos
                                                           ii.      10 mil indecisos
3.    É necessário colocar a prova àqueles que dizem estar com o líder:
a.     9.700 foram reprovados
b.    300 foram aprovados.
4.    Que está unido, não discute ordem. Somente obedece
5.     O diferencial do pequeno exército de Gideão era que eles tinham Gideão como referencial.
6.    As ordens de Gideão não foram questionadas e sim acatadas de bom grado. Ele municiou-os com:
a.     300 buzinas ( tocai a buzina em Sião – Proclamação do Evangelho)
b.    300 cântaros (Vasos que precisam ser quebrados para Deus fazer novos vasos e colocar neles excelentes tesouros)
c.     300 tochas acesas (exemplo dos crentes no Dia de Pentecostes)
d.     300 homens corajosos
e.     300 homens que obedecem
f.       300 homens que fazem exatamente o que seu líder mandar
g.     300 homens que lutavam em nome do Senhor e por Gideão
h.    Minha oração é que em cada Igreja, e ou em cada Ministério haja pelo menos 30 homens (o dízimo dos 300) para que possamos viver o sobrenatural de Deus.
i.       Jesus utilizou apenas doze para alcançar  as Nações na época da Igreja Primitiva.

Conclusão
Concluo esta breve reflexão falando da Igreja recém-inaugurada no Dia de Pentecostes. A União, a fé e o Amor fraternal eram as marcas visíveis daquela Igreja.  As vezes eu me pego perguntando, porque nos desviamos  tanto do caminho trilhado pela Igreja Primitiva. O que devemos fazer para voltar a praticar as Boas Obras para qual fomos comissionados?  Conversando com a minha alma como fazia o rei Davi, eu digo a ela. Minha alma você hoje tem muita informação, mas o que você precisa é de RENOVAÇÃO. Você quer se reinventar, mas na verdade o que você precisa é se transformar. Minha alma tem gente que tem milhões de seguidores virtuais, mas o que você precisa é de amigos reais e leais. Deixa-me parar por aqui. Rogo ao Pai que permita a todos nós vivermos em união. Em sua oração sacerdotal, Jesus ora pela união de seus discípulos. Ele deseja que os seus discípulos sejam um, assim como Ele e o Pai eram e são UM. Percebo e glorifico a Deus que esta oração foi fundamental na vida daqueles discípulos. Se não, teríamos 12 igrejas primitivas. Mas graças a Deus tivermos uma única.
E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela tua palavra hão de crer em mim; Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. João 17:20,21
Amém


Pastor José Mário da Silva em 12/04/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário