domingo, 23 de abril de 2017

Perdoando para ser Perdoado

Perdoando para ser Perdoado - Mateus 18.15-35
Pelo fato do homem ter sido criado a imagem e semelhança de Deus recebeu a condição de amar e de perdoar. O Pecado fez do homem inimigo de Deus. Porém Deus decidiu através do Plano Divino da Salvação levar o homem ao arrependimento para ser perdoado. Ele quer que da mesma forma que fomos perdoados, perdoemos também os nossos devedores.
Quem bate esquece, mas quem apanha não esquece. Por isso é necessário que a pessoa ofendida ofereça perdão ao ofensor para que ele se lembre do que fez e assim haja a reconciliação.
“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança” Lamentações 3.21; Salmos 42
Precisamos liberar o perdão quando:
1. Somos possuídos por um Sentimento de Culpa que nos corrói por dentro.
Sentimento de Culpa É o sentimento que temos quando cometemos um erro involuntário, e ou nos culpamos por algo que achamos que podíamos evitar.
“Senhor! Se estivesse aqui o meu irmão não teria morrido”
Há se: eu não tivesse saído de casa, Eu não devia ter feito aquilo. Eu não devia ter dito aquilo. Um amigo me traiu.
2. Somos rejeitados, preteridos, por uma série de razões. Jefté – Jesus (condição sócio econômica)
Nutrem um profundo sentimento de baixo estima (Não presto para nada– Ninguém gosta de mim – as pessoas me evitam).
3. Nos sentimos profundamente magoados por alguém que nos humilhou, nos traiu, mentiu para nós, falou mau de nós.
4. Nos sentimos frustrados e queremos culpar os outros por nada dar certo na nossa vida quando o culpado somos nós mesmos
39 De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados. Lamentações 3.39
“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”. I João 1.9.
Conclusão:
A Medicina descobriu o que a Bíblia sempre soube: os benefícios terapêuticos do perdão. Hoje em muitas prefeituras e nosso País há um programa sendo desenvolvido que se chama ESPERE (Escola de Perdão e Reconciliação). Perdoar é algo divino. O Perdão faz muito bem tanto a quem perdoa quanto a quem é perdoado. Vamos perdoar.
Pregado em 23/04/2017 na AD Caetés
Pastor José Mario da Silva

terça-feira, 18 de abril de 2017

Mantendo a alegria em tempos difíceis

Mantendo a alegria em tempos difíceis
1 Quando o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. 2 Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o Senhor a estes. 3 Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres. 4 Traze-nos outra vez, ó Senhor, do cativeiro, como as correntes das águas no sul. 5 Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. 6 Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. Salmos 126.1-6

Introdução:
A alegria é tão fundamental em nossas vidas que satanás percebendo isto, faz de tudo para dinamitar, acabar com a nossa alegria. Sem alegria, não podemos servir ao Senhor, Salmo 100. Sem alegria, não podemos exercitar a fé, a esperança e o amor. Sem alegria, ficamos paralisados a lamentar, ou murmurar de tudo e de todos. Sem alegria, não temos prazer e a vida não faz sentido. Precisamos aprender a nos alegrar no Senhor, isto porque: 17 Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. Romanos 14.17

O que é alegria?

Alegria é um sentimento de contentamento, de prazer de viver, júbilo, satisfação, exultação. Costuma ser expresso através de sorrisos.

Neemias vai nos dizer que a alegria do Senhor é a nossa força
10 Disse-lhes mais: Ide, comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque este dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força. Neemias 8.10

O Salmista Davi vai nos dizer que o choro tem tempo de validade
5 Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.
Salmos 30.5



O Livro de Provérbios vai nos dizer que a alegria é fundamental para a beleza do rosto
“ O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate”. Provérbios 15.13

O Profeta Habacuque vai nos dizer que é possível se alegrar no Senhor em tempos de crise
Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação. Habacuque 3:17,18

A Bíblia Sagrada vai nos dizer que tanto a nossa alma quanto o nosso espírito devem se alegrar no Senhor.
9 E a minha alma se alegrará no Senhor; alegrar-se-á na sua salvação. Salmos 35.9
“Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; Porque atentou na baixeza de sua serva; Pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada, Porque me fez grandes coisas o Poderoso; E santo é seu nome”. Lucas 1:46-49 

Por Causa do gozo, da alegria proposta, Jesus enfrentou os Sepultadores de Alegria e os venceu.
2 Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus. Hebreus 12.2

Lendo o texto em apreço, entendi que Jesus, em sua última páscoa na terra e consequentemente a ordenação da Santa Ceia, e também na oração do Getsêmane, estava muito triste, como Ele mesmo vai afirmar: A minha alma está triste até a morte. Mas Ele entende que após sua morte e ressurreição Ele poderia recuperar a alegria novamente. O escritor de Hebreus diz que: pelo gozo, pela alegria, pela satisfação, que lhe estava proposto suportou a cruz. Isto nos faz refletir na importância da Alegria na vida do ser humano.

O Salmista Davi e o profeta Isaías vão nos dizer que não podemos  abrir mão da Alegria da salvação
12 Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário. Salmos 51.12
10 Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas joias.
Isaías 61.10

A minha alegria é decorrente do meu amor e crença total no Senhor Jesus
8 Ao qual, não o havendo visto, amais; no qual, não o vendo agora, mas crendo, vos alegrais com gozo inefável e glorioso; 1 Pedro 1.8

A Bíblia vai nos dizer que no céu há um rio que transporta alegria
4 Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Salmos 46.4
Creio ser este rio o rio da Graça de Deus. Jesus disse a mulher samaritana:  Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna. João 4.14. A nossa alma também tem um rio que eu chamo de alegria. Esta alegria não está a venda, pois ela vem direto do trono de Deus. Por isso independe de circunstâncias para nos alegrarmos em Deus.

Conclusão:
Os que amam a justiça e odeiam a iniquidade, sofrem retaliações constantes dos injustos e iníquos. As consequências disto: dor, tristeza, rosto sem formosura e espírito abatido. Para reverter este quadro, Deus unge estas pessoas com o óleo de alegria. Esses são aqueles irmãos ou irmãs na Igreja que em meio aos problemas e crises que enfrentam, continua sereno, sem perder a alegria, o que incomoda a muitos. Entendo que esta unção de alegria funciona como um antídoto ou vacina contra a tristeza.
9 Amaste a justiça e odiaste a iniquidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu Com óleo de alegria mais do que a teus companheiros. Hebreus 1.9


quarta-feira, 12 de abril de 2017

VIVER EM UNIÃO É PRECISO

Viver em União é Preciso
E era toda a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala.
E aconteceu que, partindo eles do oriente, acharam um vale na terra de Sinar; e habitaram ali. E disseram uns aos outros: Eia, façamos tijolos e queimemo-los bem. E foi-lhes o tijolo por pedra, e o betume por cal. E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.
Então desceu o Senhor para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam; E o Senhor disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro. Assim o Senhor os espalhou dali sobre a face de toda a terra; e cessaram de edificar a cidade. Gênesis 11:1-8
Introdução:
O Texto de Gênesis 11.1-8 vai nos informar que aquela geração estava unida porque falavam a mesma língua. Portanto havia um entendimento. Tinham os mesmos objetivos. E se uniram para realiza-lo. Queriam edificar uma cidade e construir uma torre, algo vistoso que chamasse a atenção para eles. Só que esta união era uma afronta , ou um desafio ao Deus Todo Poderoso. A ordem dada a Adão era para  se multiplicar e encher toda a terra. Precisou Deus intervir e confundir as línguas para que eles se espalhassem cumprindo assim o designo de Deus . Deus também vai nos informar que a união deles era tão forte, que não haveria limites para eles, naquilo que intentasse fazer.  A Partir de então, Viver em união passou a ser uma tarefa muito difícil. Isto porque Cada pessoa passou a ter a sua forma de falar, a sua forma peculiar de ser e de pensar. Mas apesar dessas divergências é necessário que haja união:
·        Na família, entre os cônjuges, filhos e parentes em geral.
·        Na Igreja, entre Pastores e membros. Entre obreiros
·        Na sociedade
Viver em união para o bem é algo que beneficia a todos.

O que fazer segundo a Bíblia para  vivermos em união
1.      Ter o mesmo parecer a respeito de tudo.
Quanto ao mais, irmãos, regozijai-vos, sede perfeitos, sede consolados, sede de um mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco. 2 Coríntios 13.11
2.   Ter o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus.
Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa.
De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus. Filipenses 2.2,5
E, finalmente, sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, amando os irmãos, entranhavelmente misericordiosos e afáveis. 1 Pedro 3.8

3.   Estarmos em concordância
19 Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus. Mateus 18.19
3 Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? Amós 3.3

Benefícios que Deus reserva para quem vive em união
Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união. É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla das suas vestes. Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião, porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre. Salmos 133:1-3

A  história de Gideão vai nos ensinar que para vencermos Batalhas precisamos estar em união.
1.      A buzina da convocação (união) precisa ser tocada.
2.    O povo convocado se ajuntou a Gideão
a.     Ajuntar não é o mesmo que estar unido
b.    Havia no meio dos 32 mil convocados:
                                                             i.      22 mil covardes e medrosos
                                                           ii.      10 mil indecisos
3.    É necessário colocar a prova àqueles que dizem estar com o líder:
a.     9.700 foram reprovados
b.    300 foram aprovados.
4.    Que está unido, não discute ordem. Somente obedece
5.     O diferencial do pequeno exército de Gideão era que eles tinham Gideão como referencial.
6.    As ordens de Gideão não foram questionadas e sim acatadas de bom grado. Ele municiou-os com:
a.     300 buzinas ( tocai a buzina em Sião – Proclamação do Evangelho)
b.    300 cântaros (Vasos que precisam ser quebrados para Deus fazer novos vasos e colocar neles excelentes tesouros)
c.     300 tochas acesas (exemplo dos crentes no Dia de Pentecostes)
d.     300 homens corajosos
e.     300 homens que obedecem
f.       300 homens que fazem exatamente o que seu líder mandar
g.     300 homens que lutavam em nome do Senhor e por Gideão
h.    Minha oração é que em cada Igreja, e ou em cada Ministério haja pelo menos 30 homens (o dízimo dos 300) para que possamos viver o sobrenatural de Deus.
i.       Jesus utilizou apenas doze para alcançar  as Nações na época da Igreja Primitiva.

Conclusão
Concluo esta breve reflexão falando da Igreja recém-inaugurada no Dia de Pentecostes. A União, a fé e o Amor fraternal eram as marcas visíveis daquela Igreja.  As vezes eu me pego perguntando, porque nos desviamos  tanto do caminho trilhado pela Igreja Primitiva. O que devemos fazer para voltar a praticar as Boas Obras para qual fomos comissionados?  Conversando com a minha alma como fazia o rei Davi, eu digo a ela. Minha alma você hoje tem muita informação, mas o que você precisa é de RENOVAÇÃO. Você quer se reinventar, mas na verdade o que você precisa é se transformar. Minha alma tem gente que tem milhões de seguidores virtuais, mas o que você precisa é de amigos reais e leais. Deixa-me parar por aqui. Rogo ao Pai que permita a todos nós vivermos em união. Em sua oração sacerdotal, Jesus ora pela união de seus discípulos. Ele deseja que os seus discípulos sejam um, assim como Ele e o Pai eram e são UM. Percebo e glorifico a Deus que esta oração foi fundamental na vida daqueles discípulos. Se não, teríamos 12 igrejas primitivas. Mas graças a Deus tivermos uma única.
E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela tua palavra hão de crer em mim; Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. João 17:20,21
Amém


Pastor José Mário da Silva em 12/04/2017

terça-feira, 4 de abril de 2017

Senhor ensina-nos a sermos mais gratos a ti!

Senhor ensina-nos a sermos mais gratos a ti!
Louvarei ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca. A minha alma se gloriará no Senhor; os mansos o ouvirão e se alegrarão.  Engrandecei ao Senhor comigo; e juntos exaltemos o seu nome. Salmos 34.1-3
Introdução:
A Gratidão é o antídoto contra a ingratidão, que é a falta de reconhecermos aquilo que Deus e ou alguém faz ou fez por nós. Enquanto a pessoa grata é humilde e simples, a pessoa ingrata é soberba e autossuficiente. O ingrato não sabe dizer muito obrigado e nem tributar ao Senhor a honra devida.

Aprendo com Davi que para ser grato ao Senhor é preciso:
·        Louvar ao Senhor em todo o tempo
·        Sair de nossa boca somente louvor e não murmuração.
·        Que a nossa alma deve se gloriasse no Senhor e não nas nossas conquistas, ou nos nossos sucessos.
·        Convidarmos pessoas a engrandecer o nome do Senhor juntamente conosco. (compartilhar a gratidão)
·        Que os que estiverem conosco exalte não o nosso nome, mas o nome do Senhor.
Exemplo de pessoas agradecidas na Bíblia:
·        Ana – cântico de Ana pelo nascimento de Samuel
·        Davi – pelos muitos benefícios que alcançou de Deus
·        Salomão – gratidão a sua mãe Bete Seba
·        O Samaritano curado de lepra
E aconteceu que, indo ele a Jerusalém, passou pelo meio de Samaria e da Galiléia; E, entrando numa certa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez homens leprosos, os quais pararam de longe; E levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós. E ele, vendo-os, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, indo eles, ficaram limpos. E um deles, vendo que estava são, voltou glorificando a Deus em alta voz; E caiu aos seus pés, com o rosto em terra, dando-lhe graças; e este era samaritano. E, respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove? Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro? E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvouLucas 17:11-19

 Exemplo de pessoas ingratas na Bíblia e fora Dela:
·       
·        Joás – o rei que matou o filho de seu benfeitor
·        A mulher de Jó – (maldiçoa o teu Deus e morre)
·        Os nove judeus curados de lepra
·        Judas Iscariotes – traiu Jesus com um beijo
18 Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. 1 Tessalonicense 5.18

Benefícios que decorrem de um coração grato
Como é bom render graças ao Senhor e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo; anunciar de manhã o teu amor leal e de noite a tua fidelidade, Salmos 92:1-2                                                                   Quando as pessoas são gratas elas experimentam uma ‘energia calma’: sentem-se mais alerta, mais vivas, mais interessadas, mais entusiasmadas, mais próximas dos outros. E por quê? Porque têm uma visão de tudo o que têm e da vida em si como um presente. As pessoas que mantêm jornais da gratidão [registros diários onde assinalam as coisas pelas quais se sentem gratas] são 25% mais felizes, dormem mais meia hora por noite e fazem 33% mais exercício do que as que não mantêm esses registros. A gratidão funciona também como um antídoto para o stress: as pessoas gratas têm menor tendência a sentir inveja, raiva, ressentimento, arrependimento e outros estados desagradáveis que produzem stress e minam as emoções positivas.

Males decorrentes de um coração ingrato.
A pessoa ingrata tem uma mente apequenada:
·        Se sente sozinha
·        Não se sente amada
·        Não se sente valorizada
·        É mal humorada
·        É infeliz
·        Não tem alegria e nem tem prazer
·        Não está satisfeita com nada
·        Reclama de tudo e de todos

Conclusão: Sejamos agradecidos: Colossenses 3.15
15 E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.

Pastor José Mário da Silva AD Caetés - RJ